Por 458 votos a 10 a câmara dos deputados aprovou o requerimento de urgência para votar o Projeto de Lei 2564/20 que estabelece o piso salarial nacional para as carreiras de enfermagem (enfermeiro, técnico e auxiliar) e da parteira.


A votação do mérito deverá ocorrer em breve.


Conforme o projeto, o valor mínimo inicial para os enfermeiros será de R$ 4.750, a ser pago nacionalmente pelos serviços de saúde públicos e privados.


“Essa valorosa categoria arrisca a própria vida para salvar outras vidas. Os profissionais da enfermagem merecem um piso que lhes possa garantir uma vida mais digna”, argumentou o deputado federal Vermelho.


“São profissionais que cuidam das nossas vidas e que receberam aplausos especiais no momento da pandemia da Covid, mas precisam ser reconhecidos com uma remuneração justa. Nós sabemos quem cuida de nós lá no hospital, lá na unidade básica e lá na UTI onde já estive duas vezes”, acrescentou o deputado.

 

Os deputados irão estudar uma forma para contemplar os hospitais filantrópicos e privados.

 

Foto/Legenda: Vermelho defende piso de R$4.750 para profissionais de enfermagem.



FONTE | FOTO: Assessoria/Deputado Vermelho