Cascavel será a primeira cidade do Paraná a ter 100% de atendimento com coleta e tratamento do esgoto. O município, que já abastece com água potável 100% da população urbana, atingirá a universalização também no esgotamento sanitário. As obras de ampliação do serviço começam neste mês de setembro e serão concluídas em 12 meses.

 

Para atender toda a cidade, a Sanepar implantará 28 quilômetros de tubulação que coletarão esgoto de 3.660 imóveis. Os investimentos são de R$ 9,6 milhões. Serão beneficiados mais de 12 mil moradores dos bairros Julieta Bueno, Melissa, Brasmadeira, Lupatini, Interlagos, Tocantins e Garbin e dos loteamentos Santa Fé, Piovesan, Quatro Estações, Jaborá, Barcelona, Positano e Mirante.

 

SAIBA MAIS: Barragem do Iraí, na RMC, atrai centenas de aves durante estiagem


SAIBA MAIS: Sanepar conquista Troféu Transparência pela oitava vez


A gerente-geral da Sanepar, Rita Camana, explica que a companhia cumpriu de forma antecipada a meta estabelecida em contrato de atender 90% da população com coleta e tratamento de esgoto. Segundo a gerente, a ampliação além da meta responde ao anseio do município para conquistar 100% de atendimento.

 

“Cascavel é e continuará sendo destaque nacional pelos seus indicadores em saneamento que, além dos benefícios para a qualidade de vida e a qualidade ambiental, auxiliam a cidade a ter um dos maiores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) do Brasil e a figurar entre as principais do país no Índice dos Desafios de Gestão Municipal”, afirma a gerente.

 

SAIBA MAIS: Impacto da seca vai além da falta de água: prejudica agricultura e saúde


SAIBA MAIS: Uso agrícola do lodo completa 10 anos em Campo Mourão e Umuarama


INDICADORES - Atualmente a coleta e o tratamento de esgoto beneficiam 98% da população urbana de Cascavel. Esta estrutura é formada por 1.500 quilômetros de rede coletora e quatro estações de tratamento de esgoto, atendendo 137 mil domicílios. No sistema de abastecimento de água, que beneficia 100% da população urbana, estão em operação duas estações de tratamento, com captações nos rios Cascavel, Peroba, Saltinho e São José e em 16 poços.



FONTE: Agência Estadual de Notícias do Paraná | FOTO: Sanepar